Passagem

Alice pediu perdão a um deus em que não acreditava enquanto despejava a comida estragada no vaso sanitário. Pensou nas crianças na África, nas mães das favelas do Rio de Janeiro e nos mendigos da rua de casa, e o estômago embrulhou num ato reflexo. No entanto, ao mesmo tempo em que se sentia perpetrando…

Hoje

Não quero escrever, mas preciso. O peso e a aspereza das palavras nunca ditas terminariam por me consumir. Preciso falar, mas mais do que falar, preciso dizer, e não sei o que dizer. Não sei por que essas lágrimas me pertencem, hoje, nesta tarde tão morna. Não sei se escrevo sobre a dor do meu…

Deserto

Às vezes eu deito na cama, exausta, e sinto o peso de tudo o que vi naquele dia. Sinto nas costas o peso das coisas que li, as mensagens que recebi, os pacientes com quem conversei; o cansaço das redes sociais, os burburinhos, as ligações, os prontuários. Muitas palavras, muitas vozes; barulhos, telas e luzes…

Furto

Você roubou algo de mim, e eu não sei dizer o quê. Desde que você chegou, você roubou minha solidão. Não falo da solidão ruim ou da melancolia, e sim da minha resignação em permanecer comigo mesma. Você me tirou daquele estado de contentamento e contemplação, daquela zona de satisfação com o pouco que eu…